CCR ViaOeste libera novas faixas na Rod. Castello Branco em Araçariguama

1

FOTO: REPRODUÇÃO/FACEBOOK

O primeiro trecho liberado, na noite de hoje, fica na pista sentido Capital, entre o km 52+430 e o km 50+420

Na noite de hoje, 20, a CCR ViaOeste, concessionária que administra o Sistema Castello-Raposo, liberou o tráfego na nova faixa de rolamento na Rodovia Castello Branco (SP 280), entre o km 52+430 e o km 50+420, sentido Capital, na região de Araçariguama. A obra integra o Programa de Concessão de Rodovias de São Paulo.

Além da ampliação da faixa de rolamento pelo canteiro central, a concessionária realizou a implantação de novos elementos de segurança, adequação da drenagem e nova sinalização horizontal e vertical. A intervenção foi realizada em segmento caracterizado por rampa ascendente, o que naturalmente influencia a velocidade dos veículos. A nova faixa adicional amplia a capacidade da rodovia, garantindo assim maior fluidez, conforto e segurança ao motorista.

Iniciada em dezembro de 2017, a obra também contempla a instalação de 4ª faixa entre o km 45+810 e o km 44+220 da Castello, sentido Capital. A previsão de investimento total é de R$ 11,9 milhões, com expectativa de conclusão da última etapa em outubro de 2018. Por meio da obra serão gerados 80 empregos diretos.

Técnicas sustentáveis

A CCR ViaOeste emprega nesta obra técnicas de engenharia diferenciadas, como a utilização de resíduos de concreto de construção e demolição (RCD) nas camadas de pavimento.  O método sustentável permite diminuir o descarte de material em aterros e reduz a utilização de matérias primas. Além disso, a concessionária também reutiliza os materiais fresados, as raspas de asfalto geradas nas obras de conservação da rodovia.

Capacete da Mulher-Maravilha é a novidade da NORISK

WONDER-WOMAN_3

FOTO: DIVULGAÇÃO

Parceria com a Warner Bros fechada no ano passado já disponibiliza cascos do Batman

A princesa das Amazonas da ilha paradisíaca Themyscira é a nova estrela da coleção de capacetes da NORISK, em parceria com a potência norte-americana Warner Bros. A Mulher-Maravilha chega no modelo Stunt FF391, para unir várias gerações de fãs da super-heroína com o prazer de pilotar a moto em grande estilo.

Conforme anunciado no Salão Duas Rodas, em novembro do ano passado, a NORISK fechou um acordo com a famosa produtora de entretenimento norte-americana, para produzir produtos licenciados com exclusividade no Brasil. A coleção de personagens da DC Comics já conta com uma versão do Batman e terá, também, o Superman e o Flash.

“Estamos com um cronograma de lançamentos pré-definido para 2018. A ideia é oferecer ao público diversos temas da Warner, como filmes, séries, desenhos animados e personagens, afirma a gerente de Marketing da NORISK, Karin Obertopp.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Triumph apresenta o seu novo “Adventure Experience”

1

FOTO: DIVULGAÇÃO

Local escolhido foi o País de Gales, no Reino Unido

A Triumph está apresentando o seu novíssimo “Triumph Adventure Experience”, no País de Gales, no Reino Unido. O local vai proporcionar aos clientes da marca e ao público motociclista em geral uma oportunidade única de vivenciar novas experiências com a linha de motocicletas Adventure da marca inglesa, incluindo as novas Tiger 800 e 1200, a clássica Street Scrambler e também a coleção de roupas e acessórios voltada para este segmento. A inauguração do local para os clientes vai acontecer no próximo dia 1º de maio. O público brasileiro pode fazer sua reserva ou mesmo obter mais informações no site: http://www.triumphmotorcycles.com.br/adventure-experience.

Localizado no sul do País de Gales, na encosta da belíssima cordilheira de Brecon Beacons, o “Triumph Adventure Experience” oferece experiências de pilotagem inesquecíveis em terrenos naturais incríveis e paisagens deslumbrantes, com vistas panorâmicas de 360 graus a bordo da mais recente geração de motocicletas Tiger e Bonneville Street Scrambler. Todas as informações e orientações serão fornecidas por uma equipe experiente de instrutores que maximizarão as habilidades e as técnicas dos visitantes do início ao fim. Estes profissionais são comandados pelo talentoso piloto Nick Plumb, que já disputou quatro vezes o “Rali Dakar” e é o mais jovem piloto britânico a ter concluído esta icônica competição.

A pista de pilotagem construída pela Triumph foi projetada sob medida para oferecer uma variedade de condições off road, nas quais os pilotos poderão experimentar a linha Tiger em seu habitat natural. A proposta do centro é desenvolver as habilidades on e off road dos visitantes, atendendo pilotos com todos os tipos de habilidade, desde principiantes até off roaders avançados. A estrutura criada no local inclui uma arena multi-terreno e um centro de aventura totalmente equipado que conta com sala de aula, sala de briefing e área de descanso.

Esta nova e emblemática experiência vai formar a base de uma nova rede de experiências de pilotagem adventure e turismo disponível mundialmente pela Triumph. O novo “Triumph Adventure Experience” terá como missão, além de oferecer experiências de pilotagem para o público, também fornecer treinamento para formar e credenciar pilotos da marca para representar a Triumph em outros centros de experiências off road pelo mundo. “A ambição da Triumph para 2018 e além é proporcionar experiências espetaculares de pilotagem off road e on road para pilotos em todo o mundo. Com a abertura desse novo e emblemático centro no País de Gales nosso objetivo de proporcionar experiências divertidas de duas rodas se tornou uma realidade”, afirma Paul Stroud, diretor comercial mundial da Triumph Motorcycles.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Autuações da Lei Seca caem para menor nível desde 2013, mostra balanço do Detran.SP

1

FOTO: REPRODUÇÃO/FACEBOOK

Ao mesmo tempo, número de veículos fiscalizados e de operações do Programa Direção Segura, coordenado pelo órgão, alcançou recorde histórico em 2017. Na sexta, dia 20, entrou em vigor lei que endurecer pena para quem causar acidente com morte ou lesão

No momento em que entra em vigor uma lei que endurece a pena para motoristas alcoolizados que provocam acidentes com mortes ou lesão grave, balanço do programa Direção Segura, coordenado pelo Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) para a fiscalização da Lei Seca, mostra que a autuação de condutores embriagados no Estado de São Paulo caiu para o menor nível desde 2013, quando foi criado, se comparado com o total de veículos fiscalizados.

De acordo com balanço de 2017, os agentes do programa registraram uma autuação a cada 15 veículos fiscalizados. Em 2016, essa proporção era de um para 9,4 fiscalizações. Já em 2013, era uma autuação a cada 10,3 fiscalizações. O número de veículos fiscalizados no ano também foi recorde, 78.009, assim como o número de operações, 280 em todo o Estado. Ao todo, foram 5.179 autuações no ano passado (veja tabela abaixo).

“Quando o Detran.SP aumenta o número de fiscalizações e as autuações caem, é sinal de que os motoristas estão se conscientizando sobre os riscos de beber e dirigir. Sinaliza também que nossas campanhas educativas estão surtindo efeito e merecem serem cada vez mais intensificadas”, avalia o diretor-presidente do Detran.SP, Maxwell Vieira.

Nesta sexta, 20, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), passa a valer a lei nº 13.546, que aumenta a punição para o motorista alcoolizado que provocar acidente com morte. A pena, que hoje varia de 2 a 4 anos de prisão, será de 5 a 8 anos sem a possibilidade de pagar fiança. No caso de lesões corporais graves ou gravíssimas, a punição aumenta de 6 meses a 2 anos de detenção para de 2 a 5 anos.

Capital

Os dados registrados no Estado também refletem o balanço da capital paulista. Em 2017, foi feita uma atuação para cada 9,6 veículos fiscalizados. O número de veículos fiscalizados também foi recorde histórico, 18.514. As operações somaram 45 no ano (veja tabela abaixo).

Crime de trânsito

Também comete crime de trânsito, independentemente de causar lesão ou morte, o condutor que é flagrado com índice superior a 0,33 miligrama de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro ou tem a embriaguez comprovada em exame clínico. Nesse caso, a penalidade é de detenção de seis meses a três anos, além de multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por um ano.

A proporção de veículos fiscalizados em relação às autuações que geraram crime de trânsito também foi positiva no Estado de São Paulo. Em 2017, foi registrado um crime a cada 129 fiscalizações. No ano anterior, a proporção foi de 86,6. Já em 2013, a relação era de 52,4 (veja abaixo).

O mesmo se repetiu na Capital. No ano passado, foi registrado um crime de trânsito para cada 250 veículos fiscalizados. No ano anterior, essa proporção foi de um a cada 208. Já em 2013, quando o Programa Direção Segura foi criado, a relação era de uma autuação a cada 65,6 fiscalizações (veja abaixo).

Recusa ao teste

O motorista que se recusa a fazer o teste do etilômetro também é penalizado com multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 12 meses. O argumento de que ninguém é obrigado a produzir provas contra si não se aplica nessa situação porque o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), no artigo 165-A, prevê essas penalidades pelo simples fato da recusa.

Em caso de reincidência nos 12 meses seguintes, o valor da multa dobra (R$ 5.869,40) e a CNH é cassada por dois anos. Se o condutor recusa a soprar o bafômetro e aparenta sinais de embriaguez, o que pode caracterizar crime, ele é encaminhado ao médico-perito da blitz para o exame clínico no local.

Direção segura

Criadas para prevenir e reduzir acidentes e mortes no trânsito causados pelo consumo de álcool combinado com direção, as operações do Programa Direção Segura integram equipes do Detran.SP e das Polícias Civil, Militar e Técnico-Científica.

Dessa forma, as providências decorrentes de cada abordagem são tomadas no local e no momento da ação, sem a necessidade de deslocamentos para delegacias ou ao Instituto Médico Legal (IML).

Vale ressaltar que a Lei Seca é fiscalizada também em ações de rotina da Polícia Militar, no perímetro urbano, pela Polícia Rodoviária Estadual, em nome do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), nas estradas estaduais, e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), nas rodovias da União.

Turismo: Hotel Ladera, no Chile, oferecerá programa especial no Mês das Mães

Hotel Ladera - fachada 2 - B

FOTO: DIVULGAÇÃO

Homenageadas têm hospedagem grátis em maio

Nada melhor do que comemorar o Mês das Mães em meio a muito conforto e em um dos melhores bairros de Santiago do Chile, o famoso Providencia. Melhor ainda se as homenageadas na data se hospedarem gratuitamente em todo o mês de maio. Pois é justamente isso que oferece o programa criado especialmente pelo Hotel Ladera. A novidade inclui duas noites de hospedagem para duas pessoas, café da manhã em qualquer horário, uma massagem relaxante de meia hora por visitante e ainda acesso livre ao SPA, que conta com Jacuzzi e sauna a vapor.

E os mimos não param por aí. Os hóspedes vão ganhar ainda uma garrafa de espumante por apartamento, além de snacks à tarde, bicicletas à disposição para desbravar o centro da cidade e late check out (sujeito à disponibilidade). Com lugares limitados, o programa sai por US$ 370.

Dono de uma arquitetura que remonta a história do bairro e seguindo uma linha vanguardista, o Hotel Ladera conta com 36 amplas acomodações, SPA e uma incrível piscina localizada no topo da construção, além de uma vista 360º, que revela a Cordilheira dos Andes ao fundo e os vizinhos Cerro San Cristobal, a apenas dois quarteirões, e o espigão Costanera Center, que guarda o shopping homônimo, o principal da capital, e o mirante Sky Costanera, de onde se curte um panorama completo de Santiago a 300 metros de altura.

Para mais informações acesse www.ladera.cl

Com energia limpa, veículos de mobilidade urbana crescem em conceito como alternativa de transporte no Brasil

London

FOTO: DIVULGAÇÃO

O MUV – Veículo de Mobilidade Urbana – atrai cada vez mais clientes no País

Você sabe qual veículo de transporte alternativo é leve, acessível, não polui o meio ambiente e que está sendo cada vez mais utilizado no Brasil? Se você pensou em bicicleta se enganou. É o MUV (Veículo de Mobilidade Urbana) – um veículo elétrico que está atraindo um número crescente de pessoas que querem fugir do trânsito caótico para ir ao trabalho ou ao supermercado, por exemplo, mas que preferem reservar as atividades físicas para um período distinto.

A curitibana Bruna Cosmoski, de 29 anos, é uma destas pessoas, para as quais o MUV tornou-se alternativa para o uso do carro e também do transporte público coletivo. “O trânsito é uma loucura. O tempo que levamos para nos locomovermos de um lugar para outro estressa demais e prejudica o rendimento do dia todo. Isso sem contar o preço do combustível, que aumenta a cada dia”, conta a dentista.

Há uma distância de pouco mais de 2 km entre o trabalha e sua casa, Bruna não teve dúvidas no momento em optar por um MUV. “Escolhi o MUV, pois não posso chegar suada no meu trabalho e prefiro me maquiar em casa. Então saio já arrumada e vou ao consultório. Também uso ele para ir ao mercado. É barato, confortável e até divertido, além dele não poluir o meio ambiente”, completa Bruna.

O veículo chega a 40 km por hora e a bateria é recarregada na energia elétrica. Como não se encaixa nas leis de trânsito, não é necessário possuir habilitação. Com este veículo é possível trafegar em ciclovias e lugares em que as bicicletas também são permitidas. Mas, é recomendado o uso de capacete e demais equipamentos de segurança.

Estatísticas

Segundo pesquisa da Confederação Nacional do Transporte divulgada em agosto de 2017, o transporte é classificado como o quarto principal problema das grandes cidades. Isso porque 45,2% dos deslocamentos são feitos por ônibus que enfrentam três problemas centrais: preço elevado da passagem, violência e pouco conforto.

Por estas razões, quase 40% dos brasileiros deixaram de utilizar o transporte público totalmente (16,1%) ou diminuíram o seu uso (22,1%).  Em 35,8% dos casos eles foram substituídos pelos carros, 29,1% passaram a andar a pé e 15,7% usam bicicletas e motos (7,9% e 7,8% respectivamente).

Mercado

O crescimento desta forma de transporte tem movimentado o mercado e criado novas oportunidades de negócios. Um exemplo é a montadora de veículos off road MXF Motors do Brasil, que lançou dois veículos deste segmento: o MUV MXF e o MUV Patinete Elétrico MXF, ambos que operam com energia limpa.  Os veículos pesam de 40kg a 50kg, possuem bateria que duram aproximadamente duas horas para uso ininterrupto e acompanham carregadores de tomada bivolts. São fabricados em aço carbono dobrável, o que possibilita ao condutor facilmente carregar ou guardar os veículos em qualquer lugar.

Os MUVs MXF possuem 1.4 CV de potência e adaptações de altura, estando disponíveis para compra online em lojas como Casas Bahia e Americanas, ou diretamente em uma revenda autorizada da fabricante: http://www.mxfmotors.com.br. Preço sugerido: R$ 4.990,00.

Rinaldi amplia linha de pneus com duas novas medidas

RT 36_traseiro

FOTO: DIVULGAÇÃO

Produtos foram desenvolvidos para atender necessidades específicas dos consumidores dos mercados interno e externo

Ouvir as necessidades dos consumidores faz parte do processo de desenvolvimento da Rinaldi Pneus e é por isso que as novidades no catálogo não param. A fábrica gaúcha acaba de lançar duas novas medidas: 2.75-17 (47P), do modelo BS 32, e 90/90-18 (51P), do RT 36.

Segundo o gerente comercial da marca, Sérgio De Paris, a medida 2.75-17 (47P), do modelo BS 32, foi desenvolvida a partir de uma solicitação do mercado externo, principalmente de clientes das Américas do Sul e Central. “Havia a demanda de um produto com estas especificações para o uso urbano, a qual prontamente atendemos, também sendo disponibilizada a partir de agora no Brasil”, explica.

Já a medida 90/90-18 (51P), do RT 36, surgiu a partir da reivindicação de consumidores do interior do país, para rodarem em rodovias não pavimentadas. “Ela é voltada para motos de baixa cilindradas, excelente para uso misto, urbano e rural. Um produto que oferece excelente tração e desempenho em diferentes cenários, com um preço acessível”, completa.

Se você é lojista e ficou interessado, entre em contato com o Departamento Comercial da Rinaldi e saiba mais sobre os lançamentos através do telefone: (54) 3455-7500, ou ainda pelo celular (54) 9-8129-5038, podendo também mandar uma mensagem pelo aplicativo WhatsApp. Se você é consumidor, aguarde, pois em breve as novas medidas estarão disponíveis nas melhores lojas do segmento.