Com uma rodada de antecipação, Eric Granado é campeão do SBK

1

FOTO: DIVULGAÇÃO

Piloto da Honda Racing venceu na etapa disputada em Londrina, no Paraná, e já não pode mais ser alcançado pelos adversários

No último domingo (11), pilotos e equipes aceleraram forte na disputa da 7ª etapa da temporada do SuperBike Brasil, que aconteceu em Londrina (PR), e garantiram o espetáculo no circuito paranaense. Com emoção em sete grids, o Autódromo Internacional Ayrton Senna foi palco de momentos decisivos do maior campeonato de motovelocidade das Américas.

O público que compareceu ao autódromo em um dia ensolarado esperava ver Eric Granado (#51) e companhia em ação. O piloto da Honda Racing Brasil cumpriu com as expectativas, venceu no grid principal e celebrou o bicampeonato da categoria SuperBike – ele também havia sido campeão em 2017.

Após superar Maximiliano Gerardo (#41), da Kawasaki Racing Team, e Danilo Lewis (#17), da Tecfil Havoline Racing Team, em 16 voltas, Granado foi protagonista da festa em Londrina.  A comemoração começou na pista, quando o piloto empinou a moto antes da bandeirada, passou pelos boxes, onde foi recebido com muitos aplausos pela equipe e torcedores.

A vitória coroou uma temporada de grande rendimento de Eric. Vencedor de sete das nove corridas no ano, o atleta da Honda Racing Brasil chegou aos 220 pontos na classificação e já não pode ser superado pelos adversários na oitava e última etapa da temporada 2018 do SBK Brasil, que ocorre em Interlagos (SP), no dia 2 de dezembro.

Confira a classificação final:

SUPERBIKE

1) 51-Eric Granado

2) 41-Maximiliano Gerardo

3) 17-Danilo Lewis

4) 28-Pedro Sampaio

5) 43-Wesley Gutierrez

Setor de motocicletas segue em expansão no mês de outubro

DSC_0615

FOTO: ALÍRIO GOMES/HONEYPOT

Com crescimento da produção em 26,1% em relação ao mesmo mês do ano passado, a indústria estima que serão fabricadas quase 1 milhão de unidades em 2018

O setor de motocicletas seguiu em curva de crescimento em outubro. Dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo mostram que, no décimo mês do ano, as fabricantes instaladas no Polo Industrial de Manaus – PIM produziram 99.210 unidades, volume 26,1% superior ao realizado no mesmo mês do ano passado (78.670). Houve expansão, também, sobre setembro do presente ano (80.690 unidades), com alta de 23%.

No desempenho de janeiro a outubro (876.301 unidades) o avanço foi de 19,9% sobre o acumulado do ano passado (730.762 unidades). Para Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, este resultado faz com que as fabricantes fiquem mais otimistas para superar a meta projetada para o ano, que é de crescimento de 11% sobre a produção de 2017, totalizando 980 mil unidades.

“O desempenho também nos deixa mais otimistas quanto ao comportamento do consumidor no próximo ano, que poderá manter a demanda em alta”, comenta Fermanian. O executivo ainda ressalta que os mesmos fatores macroeconômicos que impulsionaram as vendas em setembro continuaram a repercutir em outubro, como redução do índice de inadimplência, maior oferta de crédito pelas instituições financeiras, expansão de negócios de consórcio e o crescimento da confiança do consumidor.

As vendas do atacado – das fabricantes para concessionárias – acompanharam o crescimento da produção. Em outubro foram repassadas às lojas 91.621 unidades, alta de 31,6% sobre o mesmo mês do ano passado (69.620). Na comparação com setembro (76.669 unidades), o avanço foi de 19,5%. E no acumulado dos 10 meses o crescimento foi de 19,4%, sendo 803.368 unidades em 2018 sobre 672.970 no ano anterior.

Entre as categorias com mais motocicletas comercializadas em outubro os destaques foram a Street, que aparece no topo do ranking com 49,4% de participação (45.219 unidades); a Trail, com 19,5% (17.896); e a Motoneta, com 19,1% (17.466). Na sequência, vieram Scooter, com 6,2% (5.685), e Naked, com 2,4% (2.222 unidades).

SHOWROOM CIRCUIT EQUIPMENT: DE MOTOCICLISTA PARA MOTOCICLISTA!

100_4647

FOTO: GUILHERME DERRICO

A rua Conselheiro Nébias, no Centro de São Paulo, agora conta com um novo negócio no número 507: o showroom da Circuit Equipment. A loja adota o formato “Concept Store”, onde o atendimento e a aproximação com o cliente é feita de maneira bastante informal, simples e acolhedora.

“Abrimos o showroom de fábrica em agosto desse ano. A ideia é que aqui seja um local onde as pessoas possam vir, conhecer nossos produtos em um espaço aconchegante, com café, bate-papo, ou seja, um lugar onde todos se sintam bem à vontade. É claro que, com isso, nossa intenção é que o consumidor conheça ainda mais a nossa gama de produtos, que gira em torno de 2 mil itens, e que as vendas sejam alavancadas”, afirma Henrique Minas, um dos representantes da loja.

Um dos diferenciais desse showroom é que os próprios colaboradores indicam ao consumidor final as lojas que contam com os produtos que eles desejam. “Nos consideramos como apoiadores do setor, uma espécie de feira que funciona todos os dias da semana. A fábrica em si já tem 34 anos de existência, portanto, temos bastante experiência no mercado on e off road. Neste espaço nós não vendemos peças, servimos como um elo de ligação entre o consumidor final e o lojista”, comenta Minas.

SERVIÇO: 

Showroom Circuit Equipment

Rua Conselheiro Nébias, 507 – Santa Efigênia/SP.

Tel: (11) 2126-2700 / (11) 99201-1848

Site: http://www.circuit84.com

E-mail: henrique.minas@circuit.com.br

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

VEM AÍ A 10ª TRILHA DA OVELHA

IMG_0100

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Trilheiros de todo o Brasil já podem se preparar para um dos melhores encontros do país. Vem aí a décima edição da Trilha da Ovelha, que levará também o nome da Pro Tork. A marca fechou o contrato de naming rights com o evento, que acontecerá no dia 17 de março de 2019, em Campo Alegre (SC).

Desde que surgiu em 2010, o número de inscritos evoluiu de 270 para 2.702. Isto porque o evento se preocupa em oferecer o que há de melhor aos participantes e seus familiares. Agora a expectativa é de bater todos os recordes, inclusive o de maior do mundo, atraindo cerca de 3.500 apaixonados pelo mundo off road, seja com motocicletas, quadriciclos ou UTVs. O contato com o Guinness Book já foi iniciado.

Para isso, o Ovelhama Trail Club vem organizando o encontro com antecedência, preparando trilhas de aproximadamente 60km para cada tipo de veículo, camisa oficial, café da manhã, lanche, almoço com carne de ovelha, camping com boa estrutura, estacionamento, atrações radicais repletas de efeitos especiais e ainda a maior premiação da história.

PALAVRA DO PRESIDENTE

IMG_0745

FOTO: DIVULGAÇÃO

Para o diretor-presidente da Pro Tork, Marlon Bonilha, é uma honra fazer parte do projeto. “Patrocinamos o evento há muitos anos, pois acreditamos em seu potencial. A alegria do trilheiro reflete muito o espírito da marca. Se divertir com sua moto, entre amigos, não tem preço. Tenho certeza que a décima edição ficará gravada na memória dos participantes”, afirma.

Segundo o presidente do clube, Edemir Melo – o Edinho, será uma verdadeira festa. “Estamos prestes a celebrar 10 anos de Trilha da Ovelha, muito felizes e orgulhosos com o que construímos até o momento. Nosso foco sempre foi e continuará sendo o trilheiro, esse é o segredo do sucesso. Convido os amigos que conquistamos ao longo desses anos a se prepararem, pois será demais”, exalta.

INSCRIÇÕES

IMG_0525

FOTO: DIVULGAÇÃO

As inscrições para a 10ª Pro Tork Trilha da Ovelha devem ser abertas no início do ano que vem. Todos as novidades serão anunciadas ao longo dos meses na página do Ovelhama Trail Club no Facebook.

Acompanhe:

www.facebook.com/Ovelhama-Trail-Club

SERVIÇO:

10ª Pro Tork Trilha da Ovelha

Data: 17 de março

Local: Ginásio de Esportes – Campo Alegre (SC)

Ducati Multistrada 1260: Potência e desempenho em evolução!

DUCATI MULTISTRADA 1260 S (chapada)

FOTO: DIVULGAÇÃO

Com o novo motor DVT, os 1.262 cm3 de cilindrada da Multistrada 1260 mantém a alma esportiva da Ducati, mas com uma dose extra de eletrônica, extraindo o máximo de potência dos 158 cavalos disponíveis na nova multibike da marca italiana

No dia 31/10, a nova Ducati Multistrada 1260 foi apresentada à imprensa e aos amantes da marca italiana, que foram convidados pela própria Ducati para participar do evento realizado em um pub localizado em Moema (SP). A ideia é amplificar ainda mais a presença da Ducati no segmento big trail de alta cilindrada, com motos que unem alta tecnologia, conforto e desempenho.

A motocicleta combina o motor de 1.262 cm3 de cilindrada com 158 cavalos de potência. O nível alto de desempenho deriva do motor Testastretta DVT, que abusa do torque, capacidade de circulação e capacidade de tração. De acordo com o fabricante, a motocicleta entrega muito mais potência a partir de baixas rotações.

Entre as principais novidades, destaque para o Ducati Quick Shift (disponível na versão S) que permite a troca de marchas automática para cima ou para baixo, sem o uso da embreagem. E também para o TPMS, sensor avançado para o monitoramento da pressão dos pneus. A máquina disponibiliza 4 opções de pilotagem, sendo Sport, Touring, Urban e Enduro. No Brasil serão comercializadas as versões ABS e S.

Preço público sugerido:

Ducati Multistrada 1260 ABS R$ 74.900,00

Ducati Multistrada 1260 S R$ 84.900,00.

Mais informações e o test ride completo você verá em breve, no portal Acelera Derrico.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Test Ride:Honda CB 500X

IMG_1584

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Modelo 2019 da CB 500X chega com novas cores e grafismos, com destaque para a cor laranja. A motocicleta é perfeita para viagens e apresenta uma pilotagem divertida, com muita facilidade nas curvas e freios confiáveis

Continuamos fazendo diversos test rides, para que você, nosso leitor, fique por dentro das atualizações que o mercado oferece. Desta vez, testamos uma crossover que é pura diversão. A Honda apostou nas seguintes vertentes para a nova CB 500X: desempenho, design e versatilidade. Na versão 2019, a crossover ganhou novas cores, estreando o laranja perolizado, além de vermelho. Um dos destaques da motocicleta continua sendo seu motor bicilíndrico de 50,4 cv de potência e 4,45 kgm.f de torque e o chassi de tubos de aço tipo Diamond.

As suspensões de curso amplo, a posição de pilotagem ereta e a autonomia possibilitada pelo tanque de 17,7 litros são características típicas das big trails. Proteção do para-brisa (regulável em dois níveis de altura), pequena distância do banco em relação ao solo (810 mm) e pronta resposta ao acelerador também valorizam a força dessa máquina. Com peso a seco de 183 kg, o largo guidão passa uma maior sensação de segurança, e o sistema de freios a disco em ambas rodas, dotados de sistema ABS completam os “mimos”.

O valor dessas motos são:

CB 500X (Preto, Vermelho): R$ 26,490,00

CB 500X (Laranja Perolizado): R$ 26,890,00

Durante o teste, tivemos a oportunidade de conduzir a motocicleta em rodovias, no trânsito caótico de São Paulo e em terrenos off road bastante acidentados, e a CB 500X teve um ótimo comportamento, mostrando suas “garras” para piloto nenhum botar defeito.

A Honda garante 3 anos de garantia, sem limite de quilometragem. Os proprietários contam ainda com o serviço de assistência Honda Assistance 24h durante o período de vigência da garantia (3 anos) em todo o território nacional e em países do Mercosul.

FICHA TÉCNICA:

Motor: DOHC, dois cilindros, 4 tempos, refrigeração líquida

Cilindrada: 471 cc

Potência Máxima: 50,4 cv a 8.500 rpm

Torque Máximo: 4,45 kgf.m a 7.000 rpm

Transmissão: 6 velocidades

Sistema de Partida: Elétrico

Combustível: Gasolina

Tanque de Combustível: 17,7 litros

Óleo do Motor: 3,2 litros

Altura do assento: 812 mm

Peso Seco: 183 kg

Marc Márquez conquista quinto título do MotoGP

1

FOTO: DIVULGAÇÃO

Marc Márquez, piloto do Honda Racing Corporation (HRC) e do time Honda Repsol, tornou-se campeão mundial do Campeonato Mundial FIM de MotoGP pela quinta vez na sua carreira e terceiro ano consecutivo. O título aconteceu na 16ª rodada, no Grande Prêmio MOTUL do Japão, realizado em 21 de outubro no Twin Ring Motegi, na província de Tochigi, Japão.

Márquez venceu o seu primeiro campeonato de MotoGP em seu ano de estreia, em 2013, com a equipe de fábrica da Honda, o time Honda Repsol. Desde então, acumulou os títulos de 2014, 2016 e 2017.

Na sua sexta temporada de MotoGP, apesar de não ter vencido nas duas primeiras jornadas, Márquez terminou na frente nas três etapas seguintes, começando com o Grande Prémio das Américas. Até o Grande Prêmio do Japão, o desempenho sólido de cinco pole positions e sete vitórias deu a ele o campeonato com três corridas ainda restantes.

Fala garoto!

5

FOTO: DIVULGAÇÃO

“Eu me sinto ótimo! A corrida foi perfeita. Comecei na 6ª posição, mas nosso plano funcionou e no final da primeira volta eu estava correndo em 2º, e consegui ir para a disputa com o Dovi. Como na Tailândia, eu fiz a minha jogada nos momentos finais e assumi a liderança. Quando vi a placa dos boxes que Dovi caiu, senti por ele, mas sabia que tinha ganho o campeonato, e foi uma sensação muito, muito boa”, diz Márquez.