KTM 200 Duke: Versão 2019 ganha freios ABS

1

FOTO: DIVULGAÇÃO

Modelo chega às concessionárias com preço público sugerido de R$ 17.900,00

A Dafra Motos, importador da marca KTM no Brasil, apresenta o modelo KTM 200 DUKE ABS 2019, que será o substituto da KTM 200 DUKE. Essa é uma moto de entrada no mundo KTM. Fora a qualidade, tecnologia e performance, o modelo soma freios ABS, visando o aumento da segurança.

O modelo preserva as configurações da geração anterior, muitas delas presentes em apenas algumas motos acima de 600cc no mercado, como pinças de freio com montagem radial e suspensão dianteira invertida.

SUSPENSÃO PREMIUM

Esse tipo de suspensão, também conhecida também como upside down, é mais robusta e rígida que a convencional, e mantém o pneu o máximo possível em contato com o chão, com reações precisas nas manobras e absorção dos impactos e irregularidades do piso.

Apesar do design e performance, o preço se mantém competitivo e mais próximo às street de 250cc do mercado: R$ 17.900,00. Com tecnologia inspirada e testada nas pistas, a KTM 200 DUKE ABS 2019 é uma autêntica motocicleta urbana, uma dose diária de endorfina e adrenalina ao usuário.

Triumph fecha parceria com o Google

1

FOTO: DIVULGAÇÃO

Projeto visa oferecer novo sistema de conectividade

A Triumph prepara uma novidade tecnológica para sua linha de motocicletas em 2019. A empresa desenvolveu um novo sistema de conectividade que estará disponível em todas as motos equipadas com o painel TFT (painel de instrumentos com tela colorida multifuncional de última geração) – o que inclui os modelos Tiger 800, Tiger 1200, Street Triple e Speed Triple.

A novidade, ainda sem preço definido, começa a chegar ao Brasil no final do primeiro semestre. As máquinas que já possuem o atual TFT também poderão ser equipadas com a nova tecnologia na rede de concessionárias Triumph.

MODERNIZANDO

Em sua segunda geração, o TFT Connectivity System (Sistema de Conectivdade TFT) da Triumph visa oferecer ao piloto uma experiência de pilotagem aprimorada, facilitando bastante a conexão e oferecendo novos recursos. Uma das inovações é uma inédita parceria com o Google para oferecer um sistema de navegação ainda mais detalhado e preciso.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Husqvarna: Quebrando Paradigmas!

RDUR7021

FOTO: DIVULGAÇÃO

Nesta entrevista, Maurício Fernandes (um dos responsáveis por trazer a Husqvarna ao Brasil) fala sobre a trajetória da marca e sobre suas pretensões para o mercado nacional

Para sabermos mais sobre a história da marca sueca Husqvarna, conversamos com Maurício Fernandes, sócio-proprietário da 2W & Fernandes Group (empresa que cuida da importação da Husqvarna Motorcycles e que também administra a concessionária Power Husky, primeira loja a vender motos Husqvarna fora da Europa). “O crescimento da marca no off road brasileiro está bem encaminhado com o nosso trabalho nos últimos cinco anos, com a equipe de Enduro atuando forte e, também, devido à tradição da Husqvarna Motorcycles. Agora, é hora de trabalhar a imagem da Husky on Road com motos modernas, tecnológicas e exclusivas, como as Naked Vitpilen e Svartpilen”, diz Fernandes. A seguir, confira na íntegra o nosso bate-papo com o empresário.

GUILHERME DERRICO: Qual é o conceito da motocicleta nos outros países? E qual é o perfil do proprietário?

MAURÍCIO FERNANDES: A Husqvarna Motorcycles tem os modelos off road para competição, modelos Street e Supermoto. O conceito das novas motocicletas da linha Street é o de máquinas progressivas, com design simples, porém, inovador. “Simples” porque são motos puras, sem muita carenagem, somente a medida certa que o piloto precisa; e progressiva porque são hi-tech e de alta performance. Motocicletas para pilotos modernos, que querem algo à frente do seu tempo.

GD: Qual é o posicionamento editorial da marca?

MF: A marca atenderá tanto o público on road quanto o off road.O Brasil tem muito potencial para essas duas vertentes.

GD: Hoje, a fábrica dispõe de quantos modelos? E qual é o mais vendido?

MF: Atualmente, a fábrica dispõe de toda a linha de Motocross e Motocross Infantil, 2T e 4T, toda a linha de Enduro 2T e 4T, a linha Supermoto (450 Competição e 701 Supermoto Street Legal), a Dual Purpose (701 Enduro Street Legal) e a linha Street, com as Vitpilen 701/401 e Svartpilen 401. No momento, a linha Enduro é a que representa o maior número de vendas no mundo.

GD: No Brasil, teremos quantos modelos?

MF: Temos 100% dos modelos disponíveis de todas as linhas. São 25 motos diferentes, prontas para conquistar os amantes das motocicletas.

GD: Fale um pouco sobre a Husqvarna em si, seu conceito inicial, fundação, particularidades… Sabemos que, no início, a empresa era uma fábrica que englobava outras atividades.

MF: A Husqvarna começou com a fabricação de armas, tanto que o logotipo é uma mira. Depois, passou a atuar com bicicletas e motos em 1903, na cidade de Huskvarna, na Suécia. Então, veio a linha agrícola, assim como diversos outros produtos. Até fogão já fabricaram! Hoje, as motos Husqvarna pertencem ao grupo KTM. A Husqvarna Group, com os produtos de força, é uma empresa totalmente independente, que não tem nada a ver com as motos.

GD: Vocês têm ideia de quantas unidades venderam este ano, no mundo todo?

MF: Sim, vendemos 40 mil unidades.

GD: Teremos outras concessionárias da marca em outros estados? Em caso afirmativo, onde e quando?

MF: No momento, não. Futuramente, com a estabilidade da economia brasileira, isso pode acontecer.

GD: A fábrica participa ou participará de alguma competição nacional?

MF: Sim, e vai entrar para ganhar! Participaremos do Brasileiro de Enduro FIM, Hard Enduro e Motocross.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Indústria de motocicletas mantém alta em janeiro

IMG_1584

A produção atingiu mais de 84 mil unidades no mês passado. Na comparação com o mesmo período de 2018, houve aumento de 3,4%. A média diária de vendas foi de 4.123 unidades

Notícia boa para o setor de duas rodas! Em janeiro, as fabricantes de motocicletas instaladas no Polo Industrial de Manaus – PIM produziram 84.106 unidades, o que representa alta de 3,4% na comparação com o mesmo mês do ano passado (81.306 motocicletas).

De acordo com os dados divulgados pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo, esse volume também é 24% superior na comparação com dezembro passado (67.812 unidades).

PALAVRA DO PRESIDENTE

Ao avaliar os números alcançados neste início de ano, Marcos Fermanian, presidente da entidade, afirma que este desempenho reforça a projeção da entidade de crescimento de 4,2% na produção de motocicletas em 2019. “Hoje, o cenário macroeconômico é bastante favorável: temos inflação sob controle, queda nas taxas de juros e nos índices de inadimplência. Esse tripé trouxe de volta às concessionárias o consumidor que deseja uma motocicleta zero quilômetro e com mais recursos tecnológicos e de segurança”, diz.

Setor de motocicletas segue em expansão no mês de outubro

DSC_0615

FOTO: ALÍRIO GOMES/HONEYPOT

Com crescimento da produção em 26,1% em relação ao mesmo mês do ano passado, a indústria estima que serão fabricadas quase 1 milhão de unidades em 2018

O setor de motocicletas seguiu em curva de crescimento em outubro. Dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo mostram que, no décimo mês do ano, as fabricantes instaladas no Polo Industrial de Manaus – PIM produziram 99.210 unidades, volume 26,1% superior ao realizado no mesmo mês do ano passado (78.670). Houve expansão, também, sobre setembro do presente ano (80.690 unidades), com alta de 23%.

No desempenho de janeiro a outubro (876.301 unidades) o avanço foi de 19,9% sobre o acumulado do ano passado (730.762 unidades). Para Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, este resultado faz com que as fabricantes fiquem mais otimistas para superar a meta projetada para o ano, que é de crescimento de 11% sobre a produção de 2017, totalizando 980 mil unidades.

“O desempenho também nos deixa mais otimistas quanto ao comportamento do consumidor no próximo ano, que poderá manter a demanda em alta”, comenta Fermanian. O executivo ainda ressalta que os mesmos fatores macroeconômicos que impulsionaram as vendas em setembro continuaram a repercutir em outubro, como redução do índice de inadimplência, maior oferta de crédito pelas instituições financeiras, expansão de negócios de consórcio e o crescimento da confiança do consumidor.

As vendas do atacado – das fabricantes para concessionárias – acompanharam o crescimento da produção. Em outubro foram repassadas às lojas 91.621 unidades, alta de 31,6% sobre o mesmo mês do ano passado (69.620). Na comparação com setembro (76.669 unidades), o avanço foi de 19,5%. E no acumulado dos 10 meses o crescimento foi de 19,4%, sendo 803.368 unidades em 2018 sobre 672.970 no ano anterior.

Entre as categorias com mais motocicletas comercializadas em outubro os destaques foram a Street, que aparece no topo do ranking com 49,4% de participação (45.219 unidades); a Trail, com 19,5% (17.896); e a Motoneta, com 19,1% (17.466). Na sequência, vieram Scooter, com 6,2% (5.685), e Naked, com 2,4% (2.222 unidades).

SHOWROOM CIRCUIT EQUIPMENT: DE MOTOCICLISTA PARA MOTOCICLISTA!

100_4647

FOTO: GUILHERME DERRICO

A rua Conselheiro Nébias, no Centro de São Paulo, agora conta com um novo negócio no número 507: o showroom da Circuit Equipment. A loja adota o formato “Concept Store”, onde o atendimento e a aproximação com o cliente é feita de maneira bastante informal, simples e acolhedora.

“Abrimos o showroom de fábrica em agosto desse ano. A ideia é que aqui seja um local onde as pessoas possam vir, conhecer nossos produtos em um espaço aconchegante, com café, bate-papo, ou seja, um lugar onde todos se sintam bem à vontade. É claro que, com isso, nossa intenção é que o consumidor conheça ainda mais a nossa gama de produtos, que gira em torno de 2 mil itens, e que as vendas sejam alavancadas”, afirma Henrique Minas, um dos representantes da loja.

Um dos diferenciais desse showroom é que os próprios colaboradores indicam ao consumidor final as lojas que contam com os produtos que eles desejam. “Nos consideramos como apoiadores do setor, uma espécie de feira que funciona todos os dias da semana. A fábrica em si já tem 34 anos de existência, portanto, temos bastante experiência no mercado on e off road. Neste espaço nós não vendemos peças, servimos como um elo de ligação entre o consumidor final e o lojista”, comenta Minas.

SERVIÇO: 

Showroom Circuit Equipment

Rua Conselheiro Nébias, 507 – Santa Efigênia/SP.

Tel: (11) 2126-2700 / (11) 99201-1848

Site: http://www.circuit84.com

E-mail: henrique.minas@circuit.com.br

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Palestra: Relatos de uma volta ao mundo

1

O aventureiro Raphael Karan vai contar sua experiência de cruzar os 5 continentes a bordo de uma motocicleta

Amanhã, dia 24, a partir das 19h, o motociclista Raphael Karan vai contar suas aventuras vividas a bordo de uma moto. Ele simplesmente cruzou os 5 continentes pilotando e vai relatar sua trajetória dessa “volta ao mundo”.

A palestra ocorre na Nacar Motorcycles, localizada na Avenida dos Bandeirantes, 2059, no Itaim Bibi, em São Paulo. Garanta sua inscrição, pois as vagas são limitadas!

Para mais informações, acesse:

https://www.nacarmotorcyclesyamaha.com.br/