Pesquisa revela que 89% dos participantes pretendem comprar ou trocar sua moto

2

FOTO: DIVULGAÇÃO

Levantamento feito pelo site Mercado Livre com dois mil brasileiros aponta o perfil de compra e interesse por faixa etária

Uma pesquisa nacional realizada pelo Mercado Livre com os internautas que buscam por motos na plataforma revela que 89% dos participantes pretendem comprar ou trocar de motocicleta. Quase maioria (42%) espera comprar o veículo entre os próximos seis meses e um ano e uma parcela de 22% programa a troca para daqui a um ano ou até dois. Compras a curto ou a longo prazo não parece atrair os entrevistados: somente 11% programam a compra já para os próximos três meses e 6% responderam que a compra será realizada em, no mínimo, dois anos. Uma parcela de 19% não soube precisar quando a troca se daria.

Realizada em março deste ano, a pesquisa entrevistou 2096 pessoas de ambos os sexos, 79% dos quais, informaram já possuírem moto. Entre os que declararam desejo em adquirir um novo modelo, a preferência é por motocicletas seminovas (53%) e que custem até R$ 15 mil (42%). Outras faixas de preço mencionadas foram: de R$ 15 mil a R$ 25 mil (30%) e de R$ 25 mil a R$ 35 mil (14%). Com 7%, cada, aparecem os valores de R$ 35 mil a R$ 45 mil e acima de R$ 45 mil.

O levantamento analisou, ainda, as tendências para diferentes faixas etárias – Baby Boomers, Geração X e Y – e leva em conta diversos aspectos como o uso que fazem da moto, o estilo de veículo preferido, intenção de compra e faixa de preço. Entre os apaixonados por duas rodas, 48% andam de Honda, 20% de Yamaha e 10% de Suzuki. Outras marcas reconhecidas no mercado ficam logo atrás como Kawasaki (5%), Harley-Davidson (4%) e BMW (3%), respectivamente; demais modelos somam (10%). Em geral, para 40% dos pesquisados, a principal função do veículo é para deslocamento até o trabalho, já 39% preferem a moto para passeios, 9% para viagens e os demais (12%) para outras atividades. A maior parte desses pilotos já viajou de moto (63%), enquanto 37% ainda não.

A pesquisa também analisou os modelos de motos preferidos segundo diferentes perfis de gerações. Confira abaixo o perfil de consumo de cada faixa etária, segundo a pesquisa:

Geração Y

A geração mais jovem a dirigir geralmente escolhe veículos com visual mais arrojado e que combinem com sua direção mais acelerada. Os Millennials – entre 18 e 35 anos – se interessam mais pelas motos esportivas (37%) e pelos modelos naked (30%). Motores que possuem em média 250 a 349 cilindradas atraem praticamente metade dos jovens (47%), enquanto as motos de até 125 cilindradas vêm logo atrás com 30%. Na hora da compra, a preferência é por veículos seminovos (56%), que custem até R$ 15 mil (53%). A principal forma de pagamento escolhida por 43% é dar uma entrada e financiar o restante, enquanto 33% optam por desembolsar todo o valor à vista.

Geração X

Os adultos desta faixa etária, que têm entre 35 e 49 anos, são mais maduros e encaminhados profissionalmente, mas possuem um gosto similar ao dos Millennials, de acordo com a pesquisa. A preferência por motos esportivas (36%) e naked (22%) é um dos sinais, assim como a escolha de adquirir um veículo seminovo (53%), com valor de mercado inferior a R$ 15 mil (39%). A forma de pagamento também acompanha a geração mais nova, pois 42% escolhem adquirir um veículo dando uma entrada e financiando o excedente, enquanto 34% pagam à vista. Já a quantidade de cilindradas ideal para boa parte deles (38%) é entre 250 e 349, muito próximo do desejo de 35% por um motor com mais de 500 cilindradas.

Baby boomers

O maior poder aquisitivo e estilo de condução voltado para o conforto justificam as preferências dos mais experientes por veículos com maior cilindrada, preferencialmente 0 km e, consequentemente, mais caros. Em geral, os nascidos após o período da Segunda Guerra Mundial preferem as motos estilo Custom (29%), enquanto as esportivas ficam em segundo plano (24%). Os veículos com mais de 500 cilindradas atraem mais da metade dos pilotos experientes (52%), enquanto outros preferem os modelos que tenham entre 250 e 349 cilindradas (27%). O comportamento de compra é diferente na hora de fechar negócio, já que a faixa de preço que buscam é a mais alta das três gerações: 32% pretendem desembolsar entre R$ 15 mil e R$ 25 mil. Neste grupo, a maior parte deles prefere pagar à vista (46%), já 37% pagam um valor de entrada e financiam o restante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s