FIM CEV Repsol abre temporada em Estoril com piloto brasileiro no grid da Moto3

3

FOTO: DIVULGAÇÃO

Reconhecido como um dos principais campeonatos de motovelocidade do mundo e já tendo acolhido vários nomes que hoje atuam no MotoGP e em suas categorias de base, o FIM CEV Repsol terá neste domingo (25) a primeira de suas oito etapas. As corridas das quatro categorias serão disputadas no Autódromo Fernanda Pires da Silva, na cidade portuguesa de Estoril. O Brasil marca presença na competição com Meikon Kawakami.

Aos 16 anos, Kawakami vem desenvolvendo sua carreira nas pistas da Europa desde 2014. Ele vai disputar o título da categoria Moto3 Junior World Championship pilotando a moto Husqvarna número 83 da Laglisse Academy. Sua preparação para a estreia no Moto3 incluiu sessões de testes nos circuitos espanhóis de Almería, Albacete e Valência.

“Estou confiante, estou bem fisicamente e também na parte técnica, me sinto bem preparado depois da pré-temporada que fizemos, apesar da chuva ter atrapalhado um pouco”, diz o piloto. O mau tempo suprimiu um dia de cada programação de treinos na Espanha. Efrén Vázquez, espanhol que conquistou duas vitórias no Mundial de Moto3 em 2014, acompanhará Kawakami em sua busca pelo título, prestando-lhe coaching nesta fase de adaptação.

A carreira de Meikon Kawakami é gerenciada por Alan Douglas, paulista que conquistou em 2011 o título do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. O manager aposta em um ano promissor. “Usamos a mesma moto do Mundial, vai ser um ano de aprendizado. O campeonato é super disputado, com grids de mais de 40 motos, com até 30 pilotos largando dentro do mesmo segundo. Alcançar a zona de pontuação, por ora, será como vitória”, estipula Douglas.

Esta é a segunda temporada de Meikon Kawakami no FIM CEV Repsol. Em 2017 o piloto disputou a categoria European Talent Cup. Chegou à última etapa como candidato ao título e terminou a temporada em terceiro lugar, com 127 pontos, um atrás do espanhol Alex Toledo, vice-campeão. O título foi do também espanhol Manuel González, que totalizou 150 pontos. A tabela final de classificação apontou 31 pilotos de 10 países marcando pontos.

PROGRAMAÇÃO

2

FOTO: DIVULGAÇÃO

A primeira etapa do FIM CEV Repsol contabiliza 46 pilotos de 16 países inscritos na Moto3. A sexta-feira (23) será reservada à preparação técnica das equipes. A programação de pista em Estoril terá início no sábado (24), com as sessões de treinos classificatórias. No domingo haverá 15 minutos de warm up, a partir das 9h50 locais (6h50 em Brasília). A prova da categoria Moto3 terá 17 voltas, com largada às 13h locais, 10h em Brasília.

O FIM CEV Repsol terá oito etapas, seis delas em circuitos espanhóis – as exceções são a corrida de domingo, no Estoril, e a terceira etapa, marcada para dia 19 de maio em Le Mans, na França. As etapas espanholas vão acontecer nos dias 29 de abril, em Valência; 10 de junho, em Barcelona; 29 de junho, em Aragón; 30 de setembro, em Jerez de La Frontera; 14 de outubro, em Albacete; e 25 de novembro, novamente em Valência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s