Primeiro capacete para motos feito em impressora 3D está em fase de testes

honeycomb_completo_pos

FOTO: DIVULGAÇÃO

De acordo com o idealizadores do projeto, o produto é 40% mais eficiente que os modelos convencionais

As impressoras 3D se popularizaram em meados de 2009, quando seu preço se tornou mais acessível graças ao avanço de tecnologias como Arduíno e Raspberry. No começo, era usada exclusivamente por “hobbistas”, pessoas dispostas a passar horas a fio (e desembolsar alguns milhares de dólares) pesquisando, montando e configurando seu equipamento antes mesmo de poder usá-lo. Hoje, no entanto, a impressão 3D já está bem difundida e acessível. Um modelo básico, já pronto para uso, pode ser encontrado por cerca de R$ 2.500,00.

Com isso, surgiram na internet inúmeras opções do quê fazer com tais equipamentos. Desde vasinhos para plantas, bonecos de super-heróis, maquetes, até mesmo peças para carros, suportes e armas de fogo; este último, aliás, fonte de grande preocupação para governantes.

Unindo essa tecnologia a outras, a startup “Ibex Helmets” desenvolveu um novo conceito de capacetes de moto baseado em impressão 3D. Após mais de 2.000 horas de estudos e pesquisas, conseguiram chegar a um produto 40% mais eficiente, usando materiais e técnicas especialmente desenvolvidas para absorção de impacto.

Tecnologia de ponta

comparacao_tamanho

FOTO: DIVULGAÇÃO

Para contornar problemas como eventuais descolamentos de partes, comum em impressões 3D, a equipe de pesquisadores revestiu o produto com camadas de uma substância elastomérica (um tipo de borracha que não rasga e é super leve), tornando a parte externa do capacete segura e quase indestrutível. “A impressão 3D foi fundamental para atingirmos resultados tão satisfatórios. Não seria possível confeccionar uma peça dessas com plástico injetado”, relata Murilo Martinatti, co-fundador da startup.

Outra novidade é a parte interna, que não usa isopor (poliestireno expandido). De acordo com o pesquisador José Roberto de Oliveira, sócio e co-fundador da Ibex Helmets, “o isopor, que deveria absorver o impacto no capacete, sofre deformação máxima de 40%. Depois disso, fica rígido como madeira. Nosso produto tem taxa de deformação próxima de 95%”, relata.

Cada um na sua

ibex face

FOTO: DIVULGAÇÃO

E as novidades não param por aí: o comprador deverá informar não somente o tamanho do seu capacete, mas também seu peso e a potência da sua moto. Com isso, a empresa criou métodos de fazer o produto personalizado e único. “É inseguro vender um capacete com base só no tamanho da cabeça do indivíduo. Por isso, estimamos um mínimo a ser homologado e desenvolvemos uma maneira de adaptar, ainda que sensivelmente, a proteção do usuário de acordo com o seu peso e potência de sua moto”, afirma Oliveira.

A confecção do capacete se baseou no crânio humano que, segundo o especialista, foi “feito para quebrar”. “Nosso capacete natural evoluiu justamente para proteger o cérebro da energia de impacto externo. Ele é poroso exatamente para sofrer essa deformação. O importante, para a mãe-natureza, é não deixar a energia chegar ao cérebro. E o crânio absorve com perfeição o impacto de quedas da nossa própria altura. Com base nisso, fizemos o Ibex Capra Honeycomb”.

O produto, de acordo com os fundadores da empresa, já está em fase de testes. “Estamos em busca de investidores para início do processo de fabricação”, contam os sócios. Após a aprovação pelo Inmetro, que deve ocorrer até o final deste ano, será disponibilizado para vendas ao público com previsão de início em março do ano que vem (2019).

O preço ainda não foi divulgado, mas estima-se que não supere os atuais modelos importados: “Por ser um produto personalizado, feito artesanalmente e não produzido em larga escala, não será possível concorrer com as marcas mais populares. Mas estamos trabalhando para torná-lo o mais barato possível, inclusive, negociando com fornecedores de matéria-prima. Acreditamos que todos devem ter acesso a produtos mais seguros, principalmente se tratando de um capacete de moto”, frisa Martinatti.

Todas as novidades e demais informações podem ser acompanhadas no site da empresa (www.ibexhelmets.com) e também na página do Facebook (facebook.com/ibexhelmets).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s